JOÃO DE BARRO EU TE ENTENDO AGORA

Diz a lenda que João de Barro por ciúmes da sua amada prende-a dentro do ninho  e fecha a entrada e num gesto de vingança deixa que ela morra lá dentro.

Quer seja isso verdade  ou não, o fato é que somos todos um João de Barro, queremos por direito que  o ser amado nos tenha como únicos e exclusivos , que sejamos propriamente o ar que se respira, o pensamento de cada dia e de todos os momentos, a única necessidade constante.

Triste o perceber que isso não é verdade e nos deparamos com ninhos vazios porque os que fazeres e as ansiedades roubam a atenção do ser amado, dia inicia-se e finda-se são muitas as situações que levarão a atenção e que não passaremos de  uma boa lembrança resgatada quando a vida permitir.

Não pensamos muitas vezes como o João de Barro em aprisionar o objetivo de nosso amor dentro de uma redoma pra que ela não tenha acesso ao mundo e o mundo a ele? Sim, todos queremos isso , queremos que ninguem se aproxime,converse ou mesmo olhe se pudessemos manipular  a vida do ser amado nao pensariamos duas vezes de num ato de vingnça ou puro egoismo fecha-los dentro de nós

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s