VICISSITUDES

10516824_344047225745090_2940044249907743827_n

“O próprio viver é morrer, porque não temos um dia a mais na nossa vida que não tenhamos, nisso, um dia a menos nela”.
( Fernando Pessoa)

 

 

Sobre as Vicissitudes da vida que acontecem e que nos matam juntamente com aqueles  que amamos quando eles se vão.

E no momento o que temos amado? Nossos Empregos, nosso lar, nossos filhos, maridos, esposas, amigos, amantes, conhecidos, sentimentos, pai, mãe, irmãos  não importa quem ou o que você esteja amando no momento o que é certo é que a diversidade que se seguirá quando morrer o ser amado será dolorosa até o tempo que nós mesmos determinamos e esse tempo ninguém sabe quando será.

Uma das coisas mais difíceis nesse momento é explicar ao mundo que nos exige como que se numa obrigação de um filho para com um pai a explicação e a resposta a todos os nossos sentimentos. Nessa hora o que dizer se nenhuma resposta contentará aqueles que não entendem e que nunca entenderão.

Cada um sabe de sua própria dor, não necessariamente a compreenda mas sabe de si, o que deveria ser uma regra era  o deixar morrer em paz no seu momento do jeito que se quer.

Tem pessoas que nunca sofrerão uma morte na vida apenas a própria morte e há aqueles como eu que sofre á varias mortes e inclusive as pequenas, aquela que acontecem conosco todos os dias lentamente, até mesmo quando elas não ocorrem em seu sentido literal.

Sentir a cada dia o fôlego da vida se esvair lentamente, alguns dias mais outros menos, outros não, mas que no outro dia voltará tudo novamente, essa morte dolorosa e calma sem pressa de vir já que a graça esta no navegar lentamente sob essas adversidades.

E o que dizer daqueles que se incomodam conosco e nossos sentimentos, nessa hora fugimos cada um pra sua “NACAPADELLA” e ficamos escondido lá dentro com uma placa de “não perturbe” na porta embora insistem em não obedecer.

Os mais tristes revés que enfrentamos são aqueles que vem de quem amamos,quando duvidam de nós, quando não somos compreendidos, quando nossas atitudes, comportamentos e formas de lidar com situações ofendem desintencionalmente; haverão pessoas que entenderão um silencio como uma confirmação de um erro, outros como uma ofensa a elas e ainda outros optarão por todas as hipóteses, esses são os que não estão acostumados ao que é ser educado, ao que é não gritar.

Opto tristemente por deixar ir já que isso as farão mais felizes, compreender e aceitar aos outros com todas as suas limitações e defeitos definitivamente não  está ao alcance e poder de todos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s