UM MURO DE PEDRAS

Construímos juntos dia após dia lentamente um muro de pedras.

Prestavamos atenção apenas em nós mesmos, nada em volta já importava mais pra mim eu encontrava tudo o que queria em seus olhos, nos dedos que me escreviam incansavelmente, nos pensamentos que se tocavam até em sonho e se amavam.

O mundo poderia me dizer o que quisesse mas a verdade é que eu te amei sempre e quis muito roubar-te pra mim.

Vagarosamente pedra por pedra foi posta, cada dia tinha seu próprio pedaço em construção algumas pedras representavam puro amor, outras pedras nossas afinidades e essas eram grandes e graciosas tivemos muitas delas muita coisa que eu me sentia completa com você, tivemos nossas pedras de brigas algumas porque um queria amar mais que outro, ou sentir mais ciumes que o outro e outras que eram rodeadas de incompreensão e essas eram as pedras mais pesadas e eu sempre soube que elas celariam todo o resto.

Sempre te admirei pelas suas capacidades e talentos em tudo o que sempre propõe vejo em você qualidades inestimáveis.

Vejo que fui  muitas vezes contigo egoísta em te querer sempre mais e nessa ganancia de querer-te você partiu.

Hoje sentada do lado de cá o que me resta é conviver com  o que a vida determinou ou escolher por mim mesma sozinha continuar meus dias.

Arrependimento tenho vários   de coisas que falei e poderia não ter dito e que poderia ter sido mais compreensiva; percebo que um pedido de perdão não juntam pedaços desse muro quebrado e espalhado, percebo que te amo a cada dia mais e que daria tudo por uma vida com você.

Cada pedra colocada nesse muro de nós dois acrescentou na minha vida de uma forma e na mesma medida que nos unimos ao contruí-lo não percebemos que poderíamos acabar cada um de um lado dele separados eternamente.

Parece que o muro enfim chegou ao final de sua construção daqui de onde estou não consigo mais acompanhar com o olhar as suas pegadas e já não ouço mais sua voz a falar-me no ouvido, mas a sua imagem permanece nítida na minha mente e em meus sonhos.

Entendo sua escolha de que lado do muro ficar embora não aceite e nunca aceitarei, me limitarei a não permitir que nenhum estranho se aproxime do nosso muro que hoje só é meu. Ninguem mais entrará na minha vida.

Não posso ter-te pra mim então espero que um dia compreenda a dor que estou sentindo, pois  esse muro embora alto e intransponível é inútil para  conter minhas lágrimas e meus gritos, de abandono estou morrendo.

Você era minha luz e hoje me vejo na escuridão de meus sentimentos submersa, mas você não me verá se tem algo que me chega a doer tanto quanto perder-te é sua dó e piedade por mim, então espero que seja eternamente feliz em seu caminho e que não olhes pra trás pro que deixou, quero saber que esta feliz e bem sucedido com a escolha que fez.

E aos poucos quero me tornar uma lembrança antiga e sem valor pra você um muro de pedras hoje em ruínas construído sem pretenções que abriga um amor que envelheceu.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s